Tuesday, 26 de October de 2021
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube

Projeto Jovem Guardião tem atuação reconhecida e recebe convite para cidade de Timon

Publicado em:

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), por meio da diretoria técnica e centros socioeducativos em Timon, participou pela plataforma Google Meet, na semana passada, da apresentação do projeto Jovem Guardião para o sistema de justiça de Timon, por solicitação do Juiz da Infância e Juventude do município, Simeão Pereira e Silva. Com foco no projeto de vida dos adolescentes e jovens egressos das medidas socioeducativas da Funac, o referido projeto proporciona reflexões de novos horizontes e oportunidades na reinserção dos socioeducandos na família e na comunidade.

Desde 2016, por meio de artes e atividades lúdicas com a perspectiva de acolhimento integral, o projeto vem apresentando resultados satisfatórios para a vida dos socioeducandos. Participaram da apresentação a Promotoria de Justiça, lideranças religiosas, Defensoria Pública e protagonistas do projeto Jovem Guardião, que demonstraram a importância do projeto para a comunidade socioeducativa. 

O jovem Sérgio Matos reforça que as fases do projeto são primordiais para alcançar os resultados. “A última etapa significa viver um momento novo. É feita uma festa de acolhida, incentivando a construção dos sonhos, que auxiliam na inserção do adolescente nas políticas públicas, como educação, assistência, etc”, comenta.

O Juiz da Infância, Simeão Pereira, acredita na importância do projeto Jovem Guardião e demonstrou interesse em desenvolver o projeto na comarca de Timon. “Será uma importante forma de acolhimento do adolescente no município após o cumprimento de sua medida. Quando os adolescentes saem do sistema socioeducativo eles encontram um imenso preconceito”, reforça.

A coordenadora técnica da Semiliberdade de Timon, Layza Lima, comenta que foi importante conhecer o Projeto Jovem Guardião. “Este projeto irá contribuir no processo de reinserção dos adolescentes a partir das atividades previstas e pela parceria com a Pastoral da Juventude”, ressalta.

A diretora técnica Lúcia Diniz falou sobre a aproximação da Socioeducação, por meio da Pastoral do Menor e da Pastoral da Juventude. “O Projeto Jovem Guardião é importante para a ressignificação da vida dos socioeducandos no sistema socioeducativo”, comenta.

Sítio Eletrônico desenvolvido pela © SEATI - Secretaria Adjunta de Tecnologia da Informação e Inovação | www.seati.ma.gov.br